ALEMOA

Em caso de tempestade elétrica, marola ou chuva torrencial, a operação deve ser paralisada. No caso de ventos fortes, a velocidade deve ser verificada através de consulta no site www.santospilots.com.br ou verificação junto ao navio que possui anemômetro. De acordo com a velocidade, são tomadas as seguintes ações:

1.Paralisar a operação, caso a velocidade atinja 20 nós;

2.Desconectar os mangotes, caso a velocidade atinja 25 nós;

3.Solicitar a desatracação do navio, caso a velocidade atinja 35 nós.

 

Calados de operação:

  1. a) Píer 3: 10,80 m (Baixa mar)
  2. b) Píer 4: 10,90 m (Baixa mar)