Escola municipal em Santos ganhará novo prédio

Nova unidade da Waldery de Almeida terá três andares distribuídos em 1,3 mil metros quadrados

Os 450 alunos e 53 servidores da escola municipal Waldery de Almeida (Santa Maria) vão ganhar uma unidade muito mais ampla e moderna. Parceria entre a Prefeitura e uma empresa que constrói um terminal de produtos químicos vai possibilitar a construção de um novo prédio, que deve ser entregue em 2020.

A implantação do novo prédio será possível graças ao termo de compensação por impactos (TRIMMC) assinado com a Granel Química. Estabelecido após diagnóstico da Comissão Municipal de Análise de Impacto de Vizinhança, determina que a empresa construa um novo prédio para a Waldery de Almeida em outro terreno nas imediações (Praça Maria Coelho Lopes), com área de 1,3 mil metros quadrados. Com investimento de aproximadamente R$ 8,7 milhões, a escola terá três andares onde serão distribuídas dez salas de aula, pátio, refeitório, cozinha, salas de professores e da Justiça Restaurativa, estudioteca e biblioteca, quadra poliesportiva, entre outras instalações. Será entregue equipada e com Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

O novo terminal da Granel ficará pronto até o final do ano e terá capacidade para receber 72 mil metros cúbicos de produtos químicos. Também integra o TRIMMC uma série de medidas que a empresa terá de providenciar nas imediações, como readequação do sistema viário e implantação de sinalização na Alemoa, fechamento de canteiro na Rua Augusto Scaraboto, implantação de drenagem das águas pluviais e impermeabilização da área de estacionamento, adotar procedimentos para evitar que o material particulado emitido pelos caminhões prejudique a rede de drenagem, além da doação de mil mudas de vegetais de áreas de manguezais.

PRIORIDADE
Na cerimônia que marcou a assinatura do termo, realizada na escola na tarde desta quarta-feira (15), o prefeito Paulo Alexandre Barbosa lembrou que a Prefeitura tem realizado várias parcerias semelhantes com outras empresas. “Nestes acordos de compensação, nossa prioridade é a área da educação. No poder público, não podemos sentar e esperar verbas pelas soluções. Precisamos ser criativos”.

A empresa acredita que projetos de educação são ferramentas de transformação para o futuro. “Por isso, queremos também trazer uma ONG parceira para atuar aqui na escola, com diversas aulas para as crianças”.

Também participaram da cerimônia secretários municipais, vereadores, pais e alunos. Ao final, todos puderam conferir uma apresentação da banda marcial da escola.

Unidade passará por reparos a partir de julho
As 14 classes (manhã e tarde) de 1º ao 5º ano de ensino fundamental continuarão estudando no prédio atual até o novo ficar pronto. Mas, para garantir melhores condições, a partir de julho a Secretaria de Serviços Públicos (Seserp) realizará diversos reparos, entre eles manutenção e desobstrução das calhas, substituição das portas de madeira, execução de forro de PVC e fechamento lateral superior dos corredores para evitar a entrada de gatos e pombos.

Também serão instaladas novas luminárias, nova pintura da biblioteca, da sala dos professores e de administração, manutenções do telhado, piso e passeio em geral.

Imagem principal: arte/divulgação

Fotos: Francisco Arrais
Data: 15 MAIO 2019
Fonte: Prefeitura de Santos